Archive for *ai* *ai*

Já a “aturo”…

… há quase 2 meses. Coisa pouca pensarão alguns, alguma coisa pensarão outros. E o que é que eu penso?

Bom, o que penso é que quero “aturar” mais dois e mais dois e mais dois e mais dois e mais imensos dois meses.

E nestes quase dois meses em que me senti renascer apaixonei-me vezes sem conta. O abraço apaixona, o beijo apaixona, os olhos apaixonam, o sorriso apaixona, o cheiro apaixona, a pele apaixona, o calor apaixona, o mimo apaixona. E nestes quase dois meses não houve um único dia em que não a sentisse comigo.

Anúncios

Comments (8) »

O amor

Há imensas formas de amar, de amor (ia escrever milhentas mas na realidade não consigo quantificar) e como amamos pessoas diferentes em alturas diferentes da vida é legítimo o clichê “nunca amei ninguém assim”!

Agora, acho que tudo é diferente quando nos sentimos renascer. Mas renascer mesmo. Eu renasci.

Leave a comment »

Ah pois é

Se antes dizia “sei o que não quero” hoje já digo “sei o que quero”.

É impressionante como uma pequena palavra faz toda a diferença!!

Comments (1) »