O amor

Há imensas formas de amar, de amor (ia escrever milhentas mas na realidade não consigo quantificar) e como amamos pessoas diferentes em alturas diferentes da vida é legítimo o clichê “nunca amei ninguém assim”!

Agora, acho que tudo é diferente quando nos sentimos renascer. Mas renascer mesmo. Eu renasci.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: